Aprenda a economizar combustível

TRH1857.TIF

Conheça ações que ajudam você a economizar o combustível

O aumento da gasolina tem tirado o sono de muita gente e, para evitar prejuízos, a regra é economizar. Você sabia que alguns ajustes no carro podem ajudar você na redução desse líquido tão precioso?

O pneu murcho pode ser o responsável por até 20% do consumo de combustível devido à resistência ao rolamento. Se por algum motivo, precisar ficar parado por mais de dois minutos é melhor desligar o veículo do que ficar com o carro ligado. Dicas simples como essas podem ajudar, e muito, no consumo final do combustível.

De acordo com Anderson Siqueira Pinto, empresário do ramo de combustível, dirigir de maneira correta, ter a manutenção em dia e tomar cuidado ao escolher combustível na hora de abastecer fazem uma grande diferença.

E se você gosta de andar com as janelas abertas, fique atento, porque se estiver acima dos 80km/h, a entrada de ar aumenta a resistência aerodinâmica, o que pode aumentar o consumo de combustível em 10%, em velocidade constante.

Para aqueles que visam a economia, Anderson dá uma dica importante: acelerar antes do início do aclive para não pisar no freio no meio do caminho. “Nas descidas, desça engrenado. É mais econômico do que no ponto morto”, completa.

Pneus descalibrados aumentam a área da roda em com o asfalto. Quanto maior a resistência ao rolamento mais o gasto de combustível. Pneus de baixa resistência aos rolamentos, os chamados verdes, gastam até 10% menos. “É importante calibrar os pneus sempre que abastecer, pelo menos uma vez ao mês”, aconselha.

O modo de dirigir também influencia no consumo. “Sempre que possível passe para a marcha mais alta: a marcha errada aumenta o consumo em 30%”, explica. Existem até dois aplicativos de celular que ajudam a medir as aceleradas e avisam do gasto de gasolina: Drivegain e Greenmeter.

Fatores que mais desperdiçam combustível:

– Pneu murcho – 17,8% a mais de gasto

– Excesso de peso – 10,8%

– Janelas abertas – 9,3%

– Velas gastas – 7,5%

– Filtro de ar entupido – 6,2%

– Rodar em ponto morto – 5,2%

Fonte: Centro de Pesquisas da Petrobrás (COMPES)

Publicado em Matéria | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Cuide-se!

Por você e por sua família.

novembro azulPor Ana Maria de Jesus

O sexo masculino, ao contrário das mulheres, não possui o hábito de ir ao médico apenas com o objetivo de fazer prevenção. As visitas ao profissional acontecem somente quando aparece algum sintoma.

A campanha do Novembro Azul tem o objetivo de alertar os homens sobre a importância de exames de prevenção contra o câncer de próstata, o segundo tipo de câncer que mais mata no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, de cada seis homens, um é portador da doença. E os números não são nada animadores. Estima-se que em 2014, cerca de 69 mil casos sejam diagnosticados.

 Prevenção

Em pleno século XXI, ainda há um grande preconceito em fazer o exame de toque retal – popularmente conhecido como exame do toque. Mesmo diante da resistência masculina diante do exame tão temido, há motivos para comemorar. A cada ano cresce o número de homens que aderem ao exame e pode-se dizer que a grande aliada da saúde masculina são as mulheres. O incentivo feminino aos companheiros, filhos, irmãos e amigos tem feito toda a diferença na busca pelo profissional.

De acordo com o urologista Luiz Guilherme Santos, a rotina de prevenção da próstata deve iniciar aos 45 anos. Os homens que possuem histórico familiar, de parentes em 1º grau, devem antecipar as consultas em cinco anos e começar a partir dos 40 anos.

O profissional alerta que o exame de toque retal possibilita o diagnóstico precoce da doença. “Através do exame conseguimos evitar algumas complicações e até mesmo cirurgias, baseado em um tratamento clínico precoce e de consulta informativa”, esclarece o profissional.

Marcos Koslowski, bioquímico do laboratório LANAC, explica que o exame dosagem do Antígeno Prostático Específico – o PSA – também contribui no diagnóstico que, preferencialmente, deve estar aliado ao de toque retal, possibilita revelar inflamações ou traumas na próstata e o crescimento benigno da glândula. “O PSA pode estar normal ou aumentado e a dosagem é realizada por amostra de sangue. Geralmente, até 4 ng/ml do antígeno no sangue é considerada uma taxa normal. Acima disso, o paciente realiza um novo teste de PSA e, eventualmente, deve fazer exames complementares para determinar a origem desse aumento”, explica o bioquímico.

Publicado em Matéria | Marcado com , , , | Deixe um comentário

PROGRAMA 03/10

1º BLOCO

https://www.youtube.com/watch?v=9yZuqHjO7Ks

2º BLOCO

https://www.youtube.com/watch?v=g6uyTiQNvq4

3º BLOCO

https://www.youtube.com/watch?v=L5vCl_-rCt0#t=126

Publicado em Matéria | Deixe um comentário