Invista em você

gastronomia_fmtPor Ana Maria de Jesus

Pensa em cursar gastronomia? A opção pelo curso tem crescido e as instituições de ensino passaram a investir nesta área de ensino. Em Curitiba, a Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, saiu na frente e foi a primeira a ofertar o curso, em 2008.

Para Alexandre Roberto Dhein, coordenador do curso de gastronomia da PUC/PR, a graduação ajuda, de forma ímpar, a qualificar os profissionais. “O aluno termina o curso graduado, o que permite que ele continue a sua vida acadêmica com uma especialização, mestrado, doutorado ou algo da área”. O curso possui reconhecimento do MEC, tem duração de dois anos e meio, com carga horária de 1926 horas.

Durante o período, o aluno tem acesso não só a cozinha, onde aprende a fazer novos pratos e a decorá-los, mas também a normas importantes de higiene dos alimentos, exigidas pela Anvisa, e a conteúdos de gestão de estabelecimentos comerciais, visando também a parte de empreendedorismo. “Metade da carga horária foca disciplinas de empreendedorismo, seja na área de hotelaria ou restaurante. A outra metade está no domínio das habilidades práticas”, explica o coordenador.

Como nem todos os alunos que iniciam o curso sabem cozinhar, já no primeiro ano as aulas práticas estão presentes na grade curricular e, dessa forma, as técnicas consideradas básicas, aos poucos, tornam-se mais complexas.

Preparação

Alguns segmentos da área gastronômica cresceram muito, é o caso da linha diet/light. Pensando nesse nicho, que está cada vez mais emergente, o curso traz algumas disciplinas que qualificam o aluno a elaborar cardápios voltados para pessoas que possuem alguma restrição alimentar.

Outra área que tem crescido é a hospitalar. Essas instituições passaram a se preocupar cada vez mais com a qualificação dos profissionais que trabalham com a alimentação de seus pacientes. “Nas técnicas de gastronomia hospitalar o aluno começa a dominar o processo de como transformar os alimentos. É indispensável saber quais podem ou não serem usados durante uma dieta especial e balanceada”, explica Alexandre.

Intercâmbio

Quer conhecer a culinária de outros países? A PUC-PR oferece aos alunos de gastronomia a possibilidade de fazer intercâmbio. São mais de 200 opções de convênios em 80 lugares no mundo e, se por acaso, não tiver no país ou cidade escolhido pelo aluno, tenta-se estabelecer o novo convênio, através do escritório internacional da instituição. Depois de acertado quais disciplinas serão cursadas, quando voltar, o aluno passará pela avaliação de crédito para que o seu regresso não afete o tempo destinado ao curso.

Invista em você

Esse post foi publicado em Matéria e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s