Roupa Nova

30 anos de sucesso

Por Ana Maria de Jesus

Fotos: Oton Raman e Ricardo Bellochio Furquim

Motivo é o que não falta para o grupo Roupa Nova comemorar. Em 2011, o grupo comemora 30 anos de sucesso, e com a mesma formação. Em 2009, o grupo conquistou o Grammy Latino de melhor álbum pop contemporâneo brasileiro com “Roupa Nova em Londres”.

Antes, o grupo chamava-se Os Framks; nos anos 80, passou a se chamar Roupa Nova. Os integrantes da banda, Paulinho, Serginho, Nando, Kiko, Cleberson e Feghali estão juntos desde 1978; Serginho foi o último a integrar o grupo. Esta formação é a mesma desde que o grupo foi renomeado.

O show Roupa Nova 30 anos, que comemora os 30 anos do grupo é sucesso de público e contou com as participações especiais de Milton Nascimento, Sandy, Padre Fábio de Melo e Fresno. A revista Belleza Total conversou com o grupo que falou do trabalho, da convivência e da emoção de estar há tanto tempo juntos, com o mesmo entusiasmo e amizade.

Nesses 30 anos de carreira, vários são os sucessos que unem o público à banda. De acordo com Serginho, não há aquela preferida porque todas contribuíram para que o sucesso viesse de forma sólida. “É difícil apontar a música mais importante quando são mais de 65 sucessos, assim como foi difícil escolher de 20 a 22 canções para o primeiro CD acústico”, conta o baterista.

Recordista, a banda possui mais de 30 músicas que foram trilhas sonoras em novelas. Em alguns casos, chegaram a ter mais de uma música em um mesmo folhetim, como ocorreu na novela Um Sonho a Mais: os hits Whisky a Go Go, que foi o tema da abertura, e Chuva de Prata, interpretada pela cantora Gal Costa.

Shows

Com grandes sucessos consagrados nas paradas de sucesso, o grupo é sucesso de bilheteria. Nos shows da banda, não é difícil perceber a variedade de idade no público. E isso ficou claro após uma pesquisa realizada pelo Feghali, através da internet, que apontou que 75% do público da banda têm entre 15 e 25 anos. Ver pais, filhos e netos são imagens corriqueiras e a prova de que o grupo faz sucesso em todas as gerações. “O pessoal com mais idade continua curtindo a gente, mas a representatividade desse público jovem é muito grande. Hoje não é difícil encontrar crianças cantando nossos sucessos”, relata.

Sucesso

A marca de 30 anos de carreira em grande estilo e muito sucesso deve ser muito comemorada. O segredo para estarem a tanto tempo juntos? Respeito.

De acordo com Fehali, não existe fórmula mágica para que a formação seja a mesma há 30 anos, já que tem como ponto de partida a democracia. No grupo não existe um líder, ou seja, não há ninguém mais ou menos importante, todos foram e são essenciais para o sucesso do grupo. São seis pessoas com personalidades e comportamentos diferentes, abertas para o diálogo e para conclusões de ideias; essa abertura permite uma convivência mais harmônica, o que possibilita o crescimento pessoal e profissional.

”Não temos líder, todos podem falar pelo grupo. As composições, direitos autorais e todos os contratos do grupo são divididos de forma igual e esse respeito que um tem pelo outro faz com que o grupo queira ficar junto”, esclarece Paulinho.

A união é tão grande e forte que todos da banda torcem pelo Fluminense. Em tom de brincadeira eles explicam: esse quesito foi fundamental para o ingresso no grupo.

RoupAcústico

Em 2004, a banda lançou o seu próprio selo, o Roupa Nova Música, que teve o CD e DVD RoupAcústico como primeiro produto. Em 2006, foi a vez do RoupAcústico 2, que atingiu a extraordinária marca de 60 mil DVDs vendidos em menos de 30 dias, conquistando prêmios como DVD de Ouro e de Platina.

Os shows RoupAcústico  e RoupAcústico 2 foram vistos por mais de 1 milhão de pessoas em todo o Brasil e com lotação esgotada em todas as suas apresentações. Assim, a banda segue trilhando seu caminho de respeito a seu público fiel e querido, que é o seu maior patrimônio.

Prêmio Grammy

Em 2009, o Roupa Nova conquistou o Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro. O grupo não compareceu à premiação por não ter conseguido cancelar um show, mas foi avisado por outros brasileiros que concorriam com o grupo e que estavam em Las Vegas.

Receber um prêmio como reconhecimento de um trabalho é emocionante, mas a emoção é ainda maior quando a premiação é feita em cima de um trabalho que foi bancado pelo próprio bolso da banda.

De acordo com Serginho, ter sido indicado para a premiação já foi uma grande alegria, mas o reconhecimento do projeto foi emocionante. “O projeto Roupa Nova em Londres foi um projeto audacioso feito com os nossos  próprios  recursos  em  uma  cidade bastante cara, mas que felizmente deu certo. E ser indicado entre os cinco melhores já foi uma grande vitória”, conta.

O símbolo da capa dos CDs acústicos é uma estrela com seis pontas; cada ponta representa um integrante da banda, e o fato de a estrela não ser fechada no centro significa que todos têm a mesma importância dentro da banda Foram mais de 10 milhões de cópias vendidas e 22 álbuns produzidos. E os desafios continuam; em março, a banda fará seu primeiro cruzeiro marítimo.

Durante esses 30 anos, parcerias especiais surgiram, entre elas: Roberto Carlos, Rita Lee, Sandra de Sá, Ivete Sangalo, Fagner, Luciana Melo, padre Marcelo Rossi, Milton Nascimento, Tony Garrido, Chitãozinho e Xororó.

Esse post foi publicado em Capa e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s