Paulo Zulu

Por Ana Maria de Jesus

Fotos: Paulo Santana

Carioca, radicado na paradisíaca praia Guarda do Embaú, em Santa Catarina, Paulo Cezar Fahlbush – mais conhecido como Paulo Zulu -, é uma dessas pessoas que prezam pela sua qualidade de vida e de sua família. O modelo e ator recebeu a revista Belleza Total para uma entrevista em um ambiente acolhedor de sua aconchegante pousada, a Zululand, administrada por ele e sua esposa Cassiana.

Paulo Zulu começou a correr cedo atrás de seus sonhos. Aos 16 anos já era surfista profissional e vendia peixes no Rio de Janeiro. A carreira de modelo não foi programada, tudo aconteceu naturalmente. Com o biotipo ideal para trabalhar como modelo, ele sempre recebeu incentivos de amigos. Aos 28 anos fez o seu primeiro book fotográfico e logo apareceu um produtor para vender o seu trabalho. “Nunca fiz planos para a carreira de modelo, as coisas simplesmente foram acontecendo”, revela.

Como viajava muito, devido aos campeonatos de surf, Zulu perdeu alguns trabalhos publicitários, mas isso até o dia em que levou um ultimato de seu então representante. “Ele disse que estavam requisitando o meu trabalho e que não conseguiam me encontrar. Se eu não levasse a sério o trabalho, ele preferia não me representar”, conta. Após essa conversa, Zulu passou a frequentar mais a agência e as festas para trabalhar a sua imagem.

Apesar de ter começado tarde na carreira (a maioria dos modelos começa entre 15 e 18 anos, alguns até antes disso), o modelo alcançou rapidamente o reconhecimento de grandes marcas nacionais e internacionais e frequentou por cinco anos seguidos o famoso circuito da moda: Nova York, Paris, Milão. O seu trabalho foi tão bem aceito que marcas consagradas como Jean Paul Gaultier, Pacco Rabanne, Armani, Hugo Boss solicitaram a sua presença em desfiles. “Eu comecei tarde na carreira de modelo, mas tive a sorte de ter o meu trabalho reconhecido rapidamente”, explica o modelo.

Com um currículo respeitável, Paulo Zulu não fez sucesso por pura sorte, mas pelo seu empenho e profissionalismo. Muito requisitado para a área de publicidade, o modelo tem a preocupação de fazer trabalhos apenas para produtos que fazem bem à saúde. “Eu não faço  campanhas para produtos que acredite não fazer bem, por exemplo, cigarros e bebidas alcoólicas”, esclarece.

Atualmente, Zulu está participando do quadro “Dança dos Famosos”, no programa Domingão do Faustão, da Rede Globo e, por este motivo, está ausente de sua pousada. “Devido à minha participação no programa, vou passar um tempo maior no Rio de Janeiro”, informa.

No programa, o modelo vai mostrar o seu talento para dançar vários ritmos e, com certeza, irá se dedicar tanto quanto em tudo que realiza em sua vida. Também deixará o programa mais bonito e o público feminino ligado na telinha.

Mas nem só no campo da moda atua Paulo Zulu. O modelo também já esteve presente em novelas globais como “Laços de Família” e “Mulheres Apaixonadas”, ambas do consagrado autor Manoel Carlos. Entre os seus trabalhos mais atuais está o curta-metragem “Destino Surreal” (2009), realizado em Porto Alegre. No papel de protagonista, Zulu interpretou um artista plástico. “Esta experiência foi fantástica, pois tive a oportunidade de construir o meu personagem”, comemora. Após sua participação no curta, recebeu o convite para fazer uma minissérie pela Ulbra TV, também de Porto Alegre. “Voltei a trabalhar como ator e, com a exposição da minha imagem, acredito que novos convites vão aparecer”, esclarece. Em seus planos está a intenção de voltar a trabalhar em televisão, além de participar de um longa-metragem.

Infância

Paulo Zulu relata que teve uma infância feliz. Entre as várias brincadeiras com seus amigos, as mais frequentes eram futebol, bolinha de gude, subir em árvores e menina pega menino. “Eu interagia com os meus amigos, e não era uma infância baseada em videogame e internet. “Não era uma infância virtual”, explica, referindo-se a algumas crianças que preferem viver virtualmente.

Qualidade de vida

Ao ser indagado sobre a escolha da praia Guarda do Embaú para morar, Zulu explica que dá muito valor à sua qualidade de vida e à qualidade de vida de sua família, e garante que se sente feliz no local em que escolheu para viver. “Eu já morei em grandes centros como Nova York, Alemanha, Paris e Suíça, e descobri que a minha felicidade está aqui”, explica. Para ele, há dois lugares que escolheria para morar: na Guarda do Embaú, onde vive atualmente, e na Indonésia.

Na opinião de Zulu, não é preciso ter muito dinheiro pra ser feliz.

Família

Zulu se define como uma pessoa bem família. No seu dia a dia, ajuda Cassiana a cuidar dos filhos, treina jiu-jitsu e ajuda no preparo do almoço da família. Isso quando não está trabalhando fora da cidade. “Se estou em casa, gosto de estar sempre perto de todos. Quando viajo, assim que finalizo o trabalho, volto direto para casa”, conta.

Pai de dois meninos, Patrick e Derek, ele se intitula um “pai-polvo”. “Gosto de estar sempre perto deles, participo das brincadeiras e auxílio nos estudos.

 Alimentação

Aos 18 anos de idade, Zulu passou a adotar um estilo de vida baseado em uma alimentação saudável. Uma das primeiras atitudes foi retirar a carne de seu cardápio. Em sua alimentação não há lugar para refrigerantes, cervejas, gorduras ou qualquer coisa que afete de alguma maneira a sua saúde. “Comecei a ler alguns livros de Allan Kardec e outros deste estilo, através dos quais adquiri conhecimentos sobre diversos assuntos que me levaram a pensar de uma forma diferente e decidir o que eu quero do meu futuro”, explica.

Em sua pousada, há plantações de verduras sem o uso de agrotóxicos, que são consumidas pela família e pelos hóspedes da Zululand. No local, também há um viveiro, onde as galinhas não recebem nenhum tipo de anabolizante.

Consciente de que uma boa alimentação é essencial, o modelo sabe que nada pode ser imposto radicalmente. E é este método que adota com os filhos Patrick e Derek. “Eu procuro mostrar para eles a importância de uma boa alimentação, mas também não posso esquecer que eles são crianças e que sentem vontade de comer alimentos diferentes”, explica. Apesar da flexibilidade, ele relata que 80% da alimentação dos filhos é saudável.

About these ads
Esse post foi publicado em Matéria e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s